Como conquistar um homem?

Na realidade, não há teoria certa, ou um manual que possa explicar como conquistar o coração de cada pessoa; mas, felizmente, as mulheres nascem com um poder da intuição e astúcia nascido que podem nos ajudar de muitas maneiras de identificar os parâmetros a serem seguidos para saber como a amar um homem .

Em primeiro lugar, devemos entender que os homens não são tão complicados como nós, é claro que existem exceções, mas de uma maneira genérica para fazer um homem feliz e conseguir isso é mais simples do que parece, o ideal para você aprender todas as técnicas é você ler o guia sedução secreta que ensina o passo a passo para conquistar um homem.

Deve haver uma conexão e atração sexual.

Não podemos esperar para atrair um homem que se sente ou não sente nada de especial para você. No caso de “sentimento” está presente, o que fazer é não dar-lhe ciente de que sente o mesmo, mas sem cair em desespero; Homens têm naturalmente o instinto de caça em ser, fazer perseguir sua vítima e tentar, tentar e tentar novamente o louco, sempre que a vítima (nós) mostram que temos o mesmo desejo, mas não caem tão facilmente como eles podem acreditar

Conquiste-o com suas virtudes e habilidades.

Para o caso em que já existe um relacionamento que está começando, onde os méus do amor estão em pleno andamento, porque sem dúvida alguém deve recorrer às melhores virtudes que você possui; Se você sabe fazer sobremesas e tem a abençoada sorte do delírio com um delicioso tiramisu, então faça! Surpreenda-o quando ele chega em casa com um jantar rico e sua sobremesa favorita. Não só os homens são aqueles dos detalhes.

Conheça a si mesmo; Ele é o que você quer na sua vida amorosa?

Para aprender a conquistar um homem, devemos também aprender a nos conhecer; se nós sabemos o que queremos e estamos mais seguro e confiante, certamente o cavalheiro que você gosta, não hesite em colocar muita confiança em nós, o que é sinônimo de tê-lo conosco.

Conquiste-o em privacidade.

Sexualmente, todo homem tem seus desejos e prioridades, por favor! Não se deixe invadir por medos, tristezas e inseguranças, se ele está com você, certamente você está atraído por muitas coisas sobre você.

Dê livre curso à sua sexualidade e preste muita atenção ao que ele quer, como ele quer, quando ele quer e aproveite para satisfazê-lo e satisfazê-lo. Diga-lhe seus desejos, o quanto você gosta de alguma parte do seu corpo e faça-o sentir que ele também é importante para você.

Ele também está interessado em saber o que é importante em sua vida.

Sem dúvida, esses tempos já passaram onde os homens eram os que fingiam ser mulheres. Se desejar, investigue um pouco mais, mas os grandes casamentos que duraram ao longo do tempo foram mantidos porque existe uma indulgência mútua entre as duas partes do relacionamento; não sobre o fato de que ele traga flores e você só eu e retribuyas agradecer com o sexo-los (o que não é ruim), mas você esmeres fazê-lo entender o quanto é importante para você, com detalhes não só alvo para o físico, mas também para o intangível.

Apoie-o, essa é a base da conquista diária.

Ouvir, acreditar em seus sonhos, apoio, dê respostas quando eles pedem sua opinião, ser crítico e ter caráter quando necessário, perguntar o que acontece quando as notas em causa, são algumas das pequenas coisas que às vezes nos esquecemos de fazer, mas eles são muito importantes conquistar um homem dia a dia.

Parte de saber como conquistar um homem é sempre ser um varejista e esperar por isso, assim como era no início do relacionamento. Não porque vocês estão juntos você parar para uma boa aparência, cheiro rico e esperar com amor quando eu conseguir o emprego, pelo contrário, muitos relacionamentos são perdidos por não saber conquistar, e conquistar todos os dias o seu homem deve ser algo fora da rotina para não cair em tédio ou falta de amor.

Como conquistar um homem

Você está apaixonada por um homem e não sabe como fazê-la se apaixonar por você? Hoje vamos explicar a você como conquistar um homem, aplicando técnicas de sedução para que ele se fixe em você e faça você se apaixonar por você.

Etapa 1: conheça você

A primeira coisa que você precisa fazer, se ainda não o fez, é se mostrar. Mostre-se e faça-me conhecer você, porque é impossível se apaixonar pelo que é desconhecido.

Muitas pessoas não precisam seguir este passo no processo, porque já conhecem a pessoa que querem conquistar, e ele já as conhece. No entanto, se não for o seu caso, o primeiro passo é que você se conheça.
Você não pode conquistar um homem sem sair de casa!

Etapa 2: encontrar pontos comuns

Durante este processo de conhecer uns aos outros, você descobrirá seus gostos, hobbies e interesses. Alguns deles não lhe interessam ou você não os compartilha, mas outros o farão.

Você deve se concentrar nesses pontos comuns, porque, embora se apaixonar não dependa tanto desses pontos comuns, um relacionamento sério exige que haja gostos e interesses compartilhados para que ele se desenvolva.

Etapa 3: paquerar

Se você quiser seduzi-lo, você deve usar as artes de sua mulher, isto é, a própria sedução. Se ele é um mulherengo ou um homem tímido, ele será atraído para você inconscientemente logo após você começar a flertar.
Não pode ser evitado, é na genética dos homens, e boas amostras de paquera são infalíveis para estabelecer os primeiros fundamentos da conquista do homem que você gosta.

Você não deve ser particularmente exagerado neste processo. Você deve ser sutil. Seja bonita e sedutora, e derreta como se você não percebesse que está fazendo isso. Um dos pontos mais importantes da sedução é ser sutil.

Passo 4: Que ele seja aquele que quer conquistar você

Ao progredir nesse processo de flertar, você perceberá que é ele que, pouco a pouco, está tentando conquistá-lo. Isso não deve surpreendê-lo, já que o homem está evolutivamente acostumado a ser aquele que conquista as mulheres.

É por isso que, se você quer conquistar qualquer homem, deve se concentrar em que ele seja aquele que, após seus processos de paquera, tem um grande interesse em você. Escusado será dizer que, quando isso acontece (e isso vai acontecer mais cedo ou mais tarde), será um sinal claro de que ele gosta de você.

Veja mais 6 dicas para conquistar um homem

 

Impotência sexual psicológica

Muito mais do que problemas físicos, a impotência sexual pode ser causada também por fatores psicológicos, mesmo que esteja tudo bem com o funcionamento do organismo.

Em boa parte das vezes em que acontece, a impotência sexual é ocasionada por desconfortos psíquicos, especialmente em jovens que são mais inseguros e têm pouca experiência sexual.

Isso porque, normalmente está associado com problemas de ansiedade de desempenho, estresse e outros fatores psicológicos.

Por isso, mais do que procurar um médico urologista, o tratamento deve contar também com a ajudar de psicólogos, que possam ajudar a melhorar o problema através da terapia.

Então, se você está interessado, vamos saber um pouco mais sobre o assunto logo a seguir.

Causas da impotência sexual psicológica

As causas da impotência sexual pode ser qualquer distúrbio psicológico que influencie a forma como o organismo reage a estímulos, veja:

  • Colapso nervoso: a rotina está cada vez mais agitada, corrida e exigente e isso pode acabar influenciando diretamente o desejo sexual. Por isso, é importante cuidar de si e procurar tarefas que ofereçam prazer.
  • Exaustão psicológica e física: exaustão também pode causar impotência sexual psicológica, visto que o corpo é levado ao extremo do cansaço. Muitos ruídos, exposição constante á luz artificial, excesso de informações e outros podem ser prejudiciais, aqui que alguns suplementos naturais ajudam muito, o Vialis Plus por exemplo, além de melhorar o desempenho sexual, dá muito mais energia e disposição pro dia a dia.
  • Ansiedade de desempenho sexual: muitas vezes, o medo de falhar ou de não agradar é justamente o que causa essa falha. Portanto, tente ficar confortável no sexo, deixando que aconteça sem maiores cobranças.
  • Depressão: sem dúvidas a depressão pode ser um grande complicador para a vida sexual e influencia nos estímulos que geram desejos.
  • Pornografia e masturbação: a síndrome do punho de ferro é aquela que a pessoa assiste tanta pornografia e se masturba tanto que não consegue ter prazer durante a relação sexual. Normalmente isso acontece porque a pressão e os movimentos feitos pela mão são muito mais controlados do que o que ocorre durante a penetração.
  • Falta de prazer: é fato que um grande número de homens simplesmente não sente prazer durante a relação sexual, praticando apenas para satisfazer a parceira ou parceiro.

 

O tratamento deve ser determinado considerando cada caso de forma individualizada e única. Isso porque é essencial, primeiramente, identificar a causa do problema, para entender a melhor forma de abordá-lo.

Conheça mais algumas causas da impotência psicológica:

Gorduras Saudáveis VS Gorduras Ruins

A gordura dietética é um nutriente essencial que nosso corpo precisa para funcionar adequadamente. Além de fornecer energia, as gorduras ajudam a manter a temperatura corporal, isolam órgãos vitais e absorvem muitas vitaminas e minerais. 

Mas as notícias sobre gorduras na dieta podem ser confusas. Às vezes parece que as diretrizes sobre gorduras boas versus gorduras ruins – ou quanto de gordura devemos consumir – mudam a cada dia.

Quando se trata de fazer escolhas alimentares saudáveis ​​sobre gordura, o primeiro passo é entender os diferentes tipos de gorduras na dieta.Tipos de gordura dietética

Nossas dietas contêm quatro tipos principais de gordura:

Gorduras saturadas ocorrem naturalmente em muitos alimentos. Eles são freqüentemente chamados de gorduras sólidas porque geralmente são sólidas à temperatura ambiente. A maioria vem de fontes animais, mas alguns óleos vegetais são ricos em gordura saturada.

Alimentos que contêm gordura saturada incluem:

  • Carne
  • Carne de porco
  • Aves com pele
  • Cordeiro
  • Creme
  • manteiga
  • Banha
  • Queijo
  • Leite (inteiro, 2%)
  • Sorvete
  • Assados
  • Comidas fritas
  • azeite de dendê
  • Óleo de côco

As gorduras trans ocorrem naturalmente em alguns alimentos, mas a maioria é encontrada em alimentos processados. As gorduras trans artificiais são feitas quando o hidrogênio é adicionado aos óleos vegetais para torná-los mais sólidos. O processo é chamado hidrogenação parcial.

Alguns fornecedores de alimentos usam gorduras trans porque são fáceis de trabalhar, baratas e duradouras. As gorduras trans também dão aos alimentos um sabor e uma textura desejáveis. Cadeias de fast-food usam óleos com gorduras trans em fritadeiras porque o óleo pode ser usado repetidas vezes.

Nem sempre é fácil saber se um alimento embalado contém gorduras trans . Os painéis de informações nutricionais podem listar os alimentos como contendo “0 gramas de gorduras trans ”, desde que contenham menos de 0,5 grama de gorduras trans por porção. Mas você pode identificar gorduras trans procurando por “óleos parcialmente hidrogenados” na lista de ingredientes. Qualquer alimento embalado que contenha óleos parcialmente hidrogenados contém gorduras trans .

Alimentos que contêm gorduras trans incluem:

  • Comidas fritas
  • Donuts
  • Assados
  • Bolos
  • Crostas de torta
  • biscoitos
  • Pizza congelada
  • Biscoitos
  • Biscoitos
  • Pipoca de microondas
  • Margarinas
  • Icings

As gorduras insaturadas são geralmente líquidas à temperatura ambiente, mas começam a ficar sólidas quando geladas. Existem dois tipos de gordura insaturada:

As gorduras monoinsaturadas são encontradas em uma variedade de alimentos e óleos vegetais, incluindo:

  • Azeite
  • Óleo de canola
  • Óleo de amendoim
  • Óleo de cártamo
  • Óleo de gergelim
  • Abacates
  • Manteiga de amendoim
  • Nozes e sementes

As gorduras poliinsaturadas são encontradas principalmente em alimentos e óleos vegetais, incluindo:

  • Soja e óleo de soja
  • Óleo de milho
  • Óleo de girassol
  • Nozes
  • Sementes de girassol
  • tofu

Qual é a ingestão diária recomendada de gordura?

Para adultos saudáveis, a American Heart Association recomenda limitar a gordura da dieta a não mais que 20 a 35% do total de calorias diárias . Por exemplo, se você ingerir 2.000 calorias por dia, entre 400 e 700 calorias podem ser provenientes de gordura alimentar – ou cerca de 44 a 78 gramas de gordura por dia.Quanta gordura saturada por dia?

Comer alimentos que contenham gorduras saturadas pode aumentar o colesterol “ruim” (LDL) e aumentar o risco de doenças cardíacas e derrames. É por isso que a American Heart Association incentiva adultos saudáveis ​​a limitar as gorduras saturadas e a escolher opções mais saudáveis.

As Diretrizes Dietéticas para Americanos 2015-2020 publicadas pelos Departamentos de Agricultura, Saúde e Serviços Humanos dos EUA recomendam consumir menos de 10% das calorias por dia das gorduras saturadas . Se você comer 2.000 calorias por dia, isso significa 200 calorias – ou cerca de 22 gramas de gordura saturada por dia.

No entanto, se seu médico recomendou que você reduza seu colesterol, a American Heart Association sugere limitar ainda mais sua ingestão de gordura saturada a 5 a 6 por cento das calorias por dia . Se você comer 2.000 calorias por dia, isso significa 120 calorias – ou cerca de 13 gramas de gordura saturada por dia.Quanta gordura trans por dia?

Comer gorduras trans pode aumentar o colesterol “ruim” (LDL) e diminuir o colesterol “bom” (HDL). As gorduras trans também estão associadas a um risco maior de desenvolver doenças cardíacas, derrame e diabetes tipo 2. Além disso, a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA determinou que os óleos parcialmente hidrogenados não são mais geralmente reconhecidos como seguros (GRAS) na alimentação humana.

Para reduzir as gorduras trans em sua dieta, a American Heart Association recomenda reduzir os alimentos que contêm óleos vegetais parcialmente hidrogenados e preparar carnes magras e aves sem adição de gorduras trans .Limitação de gorduras saturadas e gorduras trans

Consumidos com moderação, gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas podem ter um efeito benéfico no coração e melhorar o colesterol “bom” (HDL). A chave é substituir as gorduras saturadas e gorduras trans em sua dieta por alimentos mais ricos em gorduras insaturadas.

Use o rótulo de informações nutricionais para descobrir a quantidade de gordura nos alimentos que você ingere. As etiquetas mostram a quantidade de gordura total, gordura saturada e gordura trans em uma porção.

Alimentos que são ricos em gordura geralmente contêm uma combinação de ácidos graxos, por isso pode ser difícil eliminar apenas um tipo de gordura da sua dieta. Seguindo essas dicas da American Heart Association e da Mayo Clinic, você pode reduzir as gorduras “ruins” e adicionar mais gorduras “boas” à sua dieta:

  • Coma mais frutas, legumes, grãos integrais, laticínios com baixo teor de gordura e nozes.
  • Coma pelo menos duas porções de peixe por semana. Salmão, cavala, arenque, truta do lago, sardinha e atum albacora são boas fontes de ácidos graxos ômega-3 essenciais . (Uma porção é cerca de 3,5 onças de peixe cozido.) No entanto, as crianças e mulheres grávidas devem fazer escolhas informadas quando se trata de peixe que é saudável e seguro para comer.
  • Use óleos vegetais naturais, como canola, cártamo, girassol e azeite.
  • Beba leite sem gordura (desnatado) ou com pouca gordura (1%) em vez de 2% ou leite integral.
  • Coma carne de aves sem pele e cortes magros de carne e evite carnes vermelhas e cortes de carne com gordura visível.
  • Adicione o queijo com baixo teor de gordura à pizza caseira, massas e pratos mistos.
  • Em receitas, use iogurte natural com baixo teor de gordura em vez de creme ou creme azedo.
  • Use margarina macia (líquido ou variedades de banheira) em vez de manteiga ou formas mais duras de margarina.
  • Use curativos à base de óleo e espalhe sobre os alimentos em vez de manteiga, margarina ou queijo cremoso.
  • Escolha alimentos processados ​​feitos com óleos vegetais não hidrogenados e evite alimentos feitos com óleos parcialmente hidrogenados ou hidrogenados.
  • Procure por “0 g trans gorduras” nos rótulos dos fatos nutricionais e não há óleos hidrogenados na lista de ingredientes.
  • Limite de alimentos e bebidas açucarados.
  • Evite assados ​​feitos com óleos vegetais encurtados ou parcialmente hidrogenados (donuts, biscoitos, bolachas, muffins, tortas, bolos).
  • Cortar em frituras (batatas fritas, frango frito).